Meu Marzão

29/07/2009

orange tree

 

Houve um tempo.
Houve um pé de laranja.
Como aquele do Zé Mauro.
Havia também um grande quintal.
Uma pequena casa.
A calçada e o Marzão do lado de lá.
Um pé de laranja pode ser um marzão
Depende de onde se olha.
Um sonho.
Como seria o mundo lá de cima?

Trepando no mamoeiro

O cheiro de terra molhada desagua na imensidão.
Não acaba mais.
O barulho da água no tanque de cimento.
Aquilo parece que não tem fim
É fundo, fundo mesmo.
Só vendo.
Só tomando banho de tanque pra acreditar nisso tudo!

autora: Celia Brandão

Anúncios

Uma resposta to “Meu Marzão”


  1. QUé bonito, Celia. Parabéns!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: