Parceria de casal

27/10/2011

Foto de Celia Brandão

Meu amigo e inquilino beija-flor

 O jovem casal trabalha em cooperação. Não há rivalidade entre eles. Ambos colaboram na guarda e cuidados do ninho. O poder é uma invenção da comunidade humana. O poder patriarcal tenta aprisionar o que pretende excluir. Engaiolar e colocar para dentro da casa é símbolo do poder do masculino sobre o feminino. A inclusão do outro é permitir-lhe a liberdade e sua identidade .  Mamãe e papai beija-flor não brigam. A sua conexão com o instinto de auto- preservação os une em uma causa comum. Não são rivais, são parceiros na direção da luta pela vida.