Ausência

07/07/2010

 

Visita

 Ferreira Gullar 

No dia de finados

 ele foi  ao cemitério

porque era o único

lugar do mundo onde

  podia estar

 perto do filho  mas

 diante daquele

  bloco negro

 de pedra

entendeu

impenetrável

 que nunca mais

 poderia

 alcançá-lo

  apanhou do chão um

 pedaço amarrotado

 de papel escreveu

 eu te amo filho

 pôs em cima do  

mármore sob uma flor

 e saiu

Soluçando

Ferreira Gullar .

  Ferreira Gullar destaca o caráter intangível da emocão da perda e  do luto. A perda da possibilidade de contato físico com o morto,  confere ao pensamento a tarefa e única possibilidade de ressuscitar e matar o objeto de amor na  vivência emocional, percorrendo um caminho do sentimento de ausência até a vivência mais plena da morte.

    Segundo Winnicott : “Manipular a ausência, é alongar esse momento, retardar tanto quanto possível o instante em que o outro poderia oscilar sêcamente da ausência à morte.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: